Buscar
  • Dra. Cláudia Klein

Hormônios naturais para a menopausa

A restauração hormonal natural usada para o alívio dos sintomas da menopausa está cada vez mais comum; pode ajudar a prevenir manifestações de sintomas muito incômodos e que atrapalham o dia a dia das mulheres.


Por cada corpo ser diferente, a consulta ao médico, antes da reposição hormonal, é muito importante, fora que na fase pós-menopausa existe um risco maior de desenvolvimento de doenças cardíacas, cânceres e demências, pois os níveis de hormônios sexuais femininos diminuem.


Hormônios naturais


A progesterona faz com que mulheres tenham reduções nos sintomas da menopausa e melhorias na qualidade de vida, assim como menos efeitos colaterais.


Em um estudo, os escores de sintomas foram 30% menores para problemas de sono, 50% menores para ansiedade, 60% menores para depressão, 40% menores para dificuldades cognitivas e 30% melhores para a função sexual em usuárias de progesterona.


A progesterona demonstra segurança cardiovascular em mulheres na pós-menopausa. Também tem um desempenho no papel da regulação da função cognitiva, comportamento social e humor, e demonstra propriedades neuroprotetoras e anti-inflamatórias no sistema nervoso. Ademais, algumas de suas substâncias têm efeitos anti-ansiedade na menopausa.


O estradiol contribui para sintomas pré e pós-menopausa comuns, como ondas de calor, alterações de humor e atrofia vaginal. O Declínio Gonadal Feminino afeta os tecidos do corpo e contribui para um intervalo maior de riscos de doenças. A estrona é o estrogênio dominante em mulheres na pós-menopausa e é produzida por tecido adiposo. Já o estriol é um estrogênio comparativamente fraco, porque é secretado pela placenta e trata eficazmente os afrontamentos da menopausa, suores noturnos, insônia e a perda óssea da menopausa. Aplicado via vaginal, o estriol é um excelente tratamento para os sintomas urinários e vaginais da menopausa.


O DHEA é um hormônio esteroide secretado pela glândula suprarrenal, gônadas e cérebro.

Os níveis reduzidos de DHEA após a menopausa podem contribuir para o desenvolvimento de câncer, resistência à insulina, diminuição das defesas imunológicas e doenças psiquiátricas.


Além de melhorar a função sexual, tem a eficácia no tratamento de atrofia vulvovaginal pós-menopausa e auxilia na cognição, no humor e na maior libido. Por isso, é imprescindível suplementar o corpo com este!


O hormônio homólogo humano - bioidêntico - apresenta a mesma estrutura molecular dos liberados pelo corpo humano. Ele auxilia na reposição de substâncias que foram diminuídas com a idade e ajuda em sintomas da menopausa como fadiga, energia baixa, perda de memória, ganho de peso e redução da massa muscular.


Por último, mas não menos importante, os fitoestrogênios são bioativos da dieta e compostos naturais encontrados em algumas plantas similares em estrutura aos estrogênios. Eles demonstram também a redução nos sintomas da menopausa e, sobretudo, diminuem o risco de algumas doenças crônicas, incluindo doenças cardiovasculares, osteoporose e câncer de mama.


Nem todos os hormônios podem ser suplementados; por isso, é importante realizar exames de rotina com acompanhamento médico para controle de seus índices. Assim, torna-se possível buscar soluções para os sintomas!


Fontes:

https://longevidadesaudavel.com.br/o-que-sao-os-hormonios-bioidenticos/

http://www.paulomeira.com.br/2018/06/26/restauracao-de-hormonios-femininos/

http://blog.igenom.com.br/hormonios-homologos-engordam/

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Síndrome Pós-Covid é o termo utilizado para descrever casos de pessoas que foram infectadas por Covid-19, mas continuam sentindo alguns sintomas da doença, como cansaço excessivo, tosse, dificuldade d

Diabetes tipo 2 é uma doença crônica caracterizada pela resistência do organismo à insulina e aumento dos níveis de açúcar no sangue, o que causa sintomas como boca seca, perda de peso, aumento da von