Buscar
  • Dra. Cláudia Klein

O sistema endocanabinoide

O sistema endocanabinoide - SECB é um sistema de sinalização celular que age por meio de transmissores dentro do nosso corpo. Está relacionado ao controle energético - homeostase, ou seja, se uma força externa, como uma lesão ou infecção, desequilibrá-la, o SECB entra em ação para ajudar seu corpo a retornar ao funcionamento ideal. Ele atua induzindo a ingestão alimentar, é estimulado em situações de restrição alimentar e na presença de alimentos de alto valor de recompensa. Além disso, atua perifericamente, contribuindo para um "diálogo" entre a periferia do cérebro e o Sistema Nervoso Central (SNC).

O Sistema endocanabinoide (SECB) e o Comportamento Alimentar


O SECB atua na ingestão alimentar de duas maneiras:


1) reforçando e incentivando a procura por alimentos com capacidade de proporcionar mais prazer;


2) via hipotálamo, agindo "sob demanda" para induzir o apetite, quando há uma restrição alimentar.


Isto significa que é acionado apenas quando necessário e funciona para reparar ou modular a função de outros mediadores. Além disso, as suas ações se estendem à periferia, através do SNC. Talvez mais importante, sua atividade no tecido adiposo, controlando a lipogênese, aparenta ser fundamental para o controle do peso e das alterações metabólicas consequentes.


Por exemplo, como os endocanabinoides estão presentes em altas concentrações em áreas do hipotálamo envolvidas no controle alimentar, é possível produzir medicamentos para tratamento de anorexia e náuseas em pacientes com doenças associadas a perda de peso involuntária, assim como medicamentos que atuam na modulação do apetite.

Sinais químicos e receptores celulares


A estrutura do sistema endocanabinoide envolve três componentes principais:


• Substâncias endocanabinoides;

• Receptores endocanabinoides;

• Enzimas responsáveis pela síntese e degradação dos endocanabinoides;

De acordo com o estudo "Sistema endocanabinoide da Green Care "O mecanismo de ação de ambos receptores são similares e culminam na hiperpolarização neuronal ocasionando a diminuição da liberação de neurotransmissores na fenda sináptica. Como é de se esperar, principalmente pela localização dos receptores e suas funções distintas, há também diferença entre a produção e a ação dos ligantes na periferia e no sistema nervoso central


- Receptores CB1: encontrados principalmente no sistema nervoso central, superam muitos dos outros tipos de receptores no cérebro. Eles controlam os níveis e a atividade da maioria dos outros neurotransmissores, regulando a atividade de qualquer sistema que precise ser ajustado, seja fome, temperatura ou alerta.


- Receptores CB2: encontrados principalmente no sistema nervoso periférico e células imunes, sua ação é fundamental para controlar o funcionamento imunológico, assim como modulação da inflamação, contração e dor.


Após sua função de sinalização, a substância é recaptada por um transportador para ser degradada por outras enzimas. Ao contrário dos neurotransmissores clássicos, os endocanabinoides não são armazenados em compartimentos dentro de nossas células, mas são produzidos "sob demanda" por enzimas e liberados dos neurônios imediatamente.


Funções do SECB e Perspectivas para o Desenvolvimento de Tratamentos


O campo científico ainda está tentando entender completamente o funcionamento do sistema endocanabinoide, mas até o momento já se sabe que ele é fundamental para quase todos os aspectos do nosso funcionamento, regulando e controlando muitas de nossas funções corporais, como:


• Aprendizado e memória;

• Processamento emocional;

• Sono;

• Temperatura corporal;

• Controle da dor;

• Respostas inflamatórias e imunes;

• Apetite e digestão;

• Metabolismo.


Conclusão


Todas essas funções contribuem para a homeostase, ou seja, a estabilidade do ambiente interno em nosso corpo. O estudo do SECB foi inicialmente focado em tentativas de entender a ação da planta Cannabis,considerada uma droga ilegal, sobre nosso organismo. Mas, conforme as pesquisas foram se desenvolvendo, foi encontrado um sistema surpreendente, pelo qual nosso corpo aprende, sente, se motiva e se mantem em equilíbrio. Porém, ainda estamos na fase de descobertas em relação ao SECB e do desenvolvimento de novos medicamentos que podem ajudar a aliviar diversos sofrimentos.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A paralisia facial é uma alteração que leva a perda dos movimentos realizados pelos músculos da face. Isso leva à dificuldade de expressão da mímica facial, geralmente afetando apenas um lado do rosto

Estima-se que no Brasil existam cerca de 1.000 pessoas com as formas graves dela! É uma doença hereditária, pode se manifestar de formas diferentes - alfa e beta - e ela acontece como minor, intermedi

A enxaqueca é um dos tipos mais frequentes de dor de cabeça/cefaleia, e por ser uma patologia crônica, ocasiona uma série de alterações comportamentais que desencadeiam consequências físicas, sociais