Buscar
  • Dra. Cláudia Klein

Se os homens são de Marte, e as mulheres são de Vênus... como se encontram na Terra?

A Neurociência estuda as diferenças cerebrais entre Homens e Mulheres, o que nos une e como lidar com o que nos separa.


“Por que os homens nunca pedem ajuda?”


“Por que as mulheres falam demais?”


“Por que homens, quando estão com problemas, se isolam?”


“Por que mulheres, ao relatar um acontecimento, primeiro analisam os aspectos emocionais da história e só depois de algum tempo concluem o raciocínio para estabelecer parâmetros sobre o que fazer?”


Ela diz:

-Amorrr... meu chefe não me valoriza... - E logo em seguida começa a contar tudo o que aconteceu (em detalhes, claro!)


Ele, cansado de tanto falatório, é certeiro:

- Peça demissão! - Resultado: silêncio absoluto no recinto.


Na verdade, ela não queria que ele solucionasse o problema. Ela precisava compartilhar seu sofrimento, insatisfação, angústia... Ela sabe (porque sabe!) que pedir demissão não resolve... e mais ainda: ela não quer fazer isso.


Acompanhe-me aqui, na outra situação que descrevo abaixo:


Ela:

- Amorrr... Me conta... Por que você está tão calado? Amorrr, você não falou nada desde que chegou... Você não me ama mais? O que aconteceu?


Ele simplesmente responde:

- Não é nada.


Ela:

- Mas se você me contar, eu posso ajudar.


Ele se retira e vai ler jornal. Ou liga a televisão.


Ele não queria (e normalmente não quer) comentar nada a respeito. Se ele estiver com problemas no trabalho, só irá sentir-se seguro novamente para ir ao encontro dela assim que organizar mentalmente uma solução. Ele precisa (além de tempo e de silêncio) esquadrinhar uma resposta.


Ele quer ir ver Conan, o Bárbaro; ela não está muito afim. Ele a convida. Ela diz um não sem convicção, porque queria sair, mas talvez para ver outro filme. Ele respeita esse não rapidamente. Ela se frustra: “mas se ele insistisse três vezes eu até iria...”


Ela tenta:

- Mas e se fôssemos ver Uma Linda Mulher?


Ele diz:

- Não estou afim...


Ela, achando que talvez ele tenha falado sem convicção, insiste umas três vezes.


Só que ele se irrita e diz:

- JÁ DISSE NÃOOOOOOOOOOO!


Em termos antropológicos - e até mesmo hormonais -, sabemos que a testosterona, o hormônio masculino, tem uma concentração mais linear do que os hormônios femininos. Nas mulheres, uma hora é o estrógeno, na outra é a progesterona.


Os homens se especializaram na visão focal, no alvo: é ou não é. Na pré-história, eles tinham que ser certeiros para conseguir alimentos e perpetuar a espécie. Já as mulheres faziam várias coisas ao mesmo tempo: compartilhavam o cuidado das crianças, faziam comida, arrumavam o lar...


Com o advento da linguagem, segundo a professora de linguística da Universidade de Georgetown Deborah Tannen, o discurso dos homens tende a se concentrar na hierarquia e na competição pelo poder relativo, enquanto as mulheres dão prioridade à proximidade e à distância. Em outras palavras, completa Dra. Tannen, um homem e uma mulher podem se afastar depois de uma mesma conversa com questionamentos diferentes.


Ele pensa:

- Será que o que falamos me deixou em um nível acima ou abaixo dela?


Ela reflete:

- Isso nos aproximou ou nos afastou mais ainda?


Esse discurso um pouco confuso entre Homens e Mulheres foi alvo de vários estudos da neurociência. Existem diferenças sim, mas no que isso implica?


Entender tais diferenças ajuda a decifrar esses discursos, porque mulheres e homens usam linguagens próprias. E as bases dessa descoberta surpreenderam os neurocientistas.


O cérebro dos homens é maior em 10 por cento do que o das mulheres, levando-se em conta a proporção de peso; porém, as mulheres possuem uma comunicação maior entre os neurônios. Mas o que faz a grande diferença é o tamanho de uma área chamada “giro reto”, que parece perceber a feminilidade de uma pessoa mais do que o sexo biológico, segundo uma pesquisa realizada por Jessica Wood e neurocientistas da Universidade de Iowa, EUA.


Ou seja, vejam só: essa estrutura cerebral se correlaciona melhor com o gênero psicológico do que com o sexo biológico. Assim, as mulheres menos femininas apresentam um Giro Reto menor.

Questionamos, então, se essas diferenças cerebrais advêm da natureza ou da criação... Mas sabemos hoje que essas discrepâncias são muito mais complexas do que as diferenças entre cromossomos X e Y.


A resolução do conflito está em seu reconhecimento e no estabelecimento de relações entre homens e mulheres que aceitem essas tensões como inerentes à própria vida. O mundo ideal do futuro será um mundo também de tensões, mas estas não serão projetadas sobre o outro.


#neuro #neurologia

113 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

OZONIOTERAPIA

A ozonioterapia resulta de um procedimento terapêutico de aplicar uma mistura de gases oxigênio e ozônio. De maneira geral, as aplicações são aconselhadas pelo motivo do ozônio possuir propriedades an

Contato

+55 11 3051 6946

+55 11 9 9772 1633

Rua Bento de Andrade, nº 228 - Jardim Paulista, São Paulo, SP - Brasil